Google+ Followers

sábado, 30 de junho de 2012

Batata de Gaveta


Ingredientes:
4 batatas grandes, descascadas e inteiras.
1,5 litro de água
1 caldo de legumes ou frango
1 colher de chá de sal
Minha Dica: ao descascar, deixe um lado com casca, porque ela servirá para manter unida a parte do fundo que não será cortada.

Ponha água em um recipiente, dissolva o tablete de caldo de legumes e leve ao fogo. Junte o sal. Quando a água estiver quente ponha as batatas para cozinhar. As batatas devem ficar firmes, não podem cozinhar muito. Escorra a água e deixe esfriar por 30 minutos. Faça cortes verticais em ¾ da batata, de mais ou menos a largura de 1 dedo, sem separá-las.

Passe o recheio:
2 colheres de catupiry ou requeijão cremoso
1 colher de manteiga
2 tomates picados bem pequenos
2  colheres de azeitonas pretas ou verdes, picadas miudinhas
Queijo mussarela, provolone e parmesão ( a quantidade que quiser)
Lingüiça calabresa ou bacon picado, já refogados anteriormente e reservados
Acerte o sal e a pimenta do reino.
1 pitada de alho granulado e desidratado
Misture tudo em uma vasilha e  recheie as “gavetas” das batatas

Coloque em uma assadeira anti aderente e polvilhe mais queijo por cima. Regue com azeite e leve ao forno para dourar.

Pão Porquinho

(deliciasnacozinha-pimentinha.blogspot.com)
Ingredientes:

2 tabletes de fermento para pão fresco
1 colher de chá de sal
200 ml de leite morno
2 ovos levemente batidos
2 colheres de sopa de manteiga sem sal ( em temperatura ambiente)
600 grs de farinha de trigo
2 colheres de sopa de açúcar
1 gema para pincelar
pimenta do reino em bolinhas, para colocar os olhos
gravetos de alecrim, para formar o focinho (ou fazer 2 furinhos)

Num recipiente médio, esfarele o fermento e misture com o açúcar e leite morno até ficar líquido. Reserve.
Numa tigela grande, coloque a farinha (reserve uma parte do total para polvilhar a mesa e usar se for necessário) e o sal, misture bem. Junte o leite com o fermento, os ovos e a manteiga e misture bem com uma colher de pau.
Transfira para uma superfície polvilhada com farinha de trigo e trabalhe a massa, amassando e incorporando mais farinha, se necessário, até desgrudar das mãos e ficar uma massa bem lisa. Cuidado para não colocar muita farinha - conforme a gente amassa, a manteiga vai derretendo e a massa mole vai desgrudando das mãos naturalmente, então é melhor ser comedido.
Deixe a massa descansar na tigela coberta por um pano por uns 20 minutos para descansar um pouco o gluten, daí fica mais fácil formar os pãezinhos, trançar ou fazer bichinhos com a massa. Depois de modelados os porquinhos, coloque os pães numa assadeira e deixe dobrar de volume, cobertos com um pano. Pincele com a gema batida.
Asse por 20 minutos em forno pré-aquecido a 150ºC, aumente para 180ºC e asse por mais 10 minutos.

Outro jeito de modelar:


Panqueca Verde

     (Fotos: goldenalecrim.blogspot.com)


Essas fotos da Denise Castro são bem apropriadas para exemplificar o passo a passo, porém, substituir o queijo minas por ricota. E depois de montadas as panquecas na travessa, salpicar parmesão. Ah, e regar com um pouco de azeite também fica ótimo! Então, vamos à receita:

Massa:
2 ovos
2 colheres (sopa) de óleo
1 e meia xícara (chá) de leite
1 xícara de folhas de espinafre cozido e espremido
1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo
meia colher (chá) de sal
1 colherinha rasa de pó royal

Bater tudo no liquidificador. Unte uma frigideira com óleo e despeje 1 concha de massa. Espere dourar e vire. Reserve. Faça isso com toda a massa.


Recheio:
1 xícara de ricota amassada
1 colher de sopa de parmesão ralado
½ cebola ralada
3 dentes de alho amassados
1 colher de azeite
½ xícara de azeitonas amassadas
tempero, cheiro verde e ervas a gosto
Fritar a cebola e o alho. Acrescentar a ricota com os outros ingredientes e tempere.

Molho Branco:
2 xícaras de leite de vaca2 colheres de farinha de trigo
1 colheres de margarina
2 colheres de queijo ralado
1 colher de chá de sal
2 colheres de requeijão
1/2 caixinha de creme de leite
Misture todos os ingredientes em uma panela. Sem parar de mexer deixe ferver. Despeje por cima das panquecas e leve para gratinar por 15 minutos.


sexta-feira, 29 de junho de 2012

Bombom de Chokito

          (Foto: amoresdoces.blogspot.com)

1/2 xícara de açúcar
1 lata de leite condensado
2 colheres de sopa de mel
2 colheres de sopa de amendocrem
1 colher de chá de manteiga
200 grs. de flocos de arroz
400 grs. de chocolate ao leite para cobrir

Caramelize o açúcar, como para pudim, numa panela em fogo baixo. Afaste a panela do fogo e adicione a manteiga e o leite condensado. Retorne ao fogo, mexendo sempre com uma colher de pau. Adicione o mel e o amendocrem e cozinhe até obter o ponto de brigadeiro. Deixe esfriar, modele bolinhas e coloque-a sobre um tabuleiro levemente untado com manteiga ou margarina. 

Pão de Queijo de Caneca

(foto: comofazeronline.com)

Para quem ama pão de queijo, assim como eu, acaba querendo experimentar de tudo e de todos sabores! Essa receita foi apresentada no Programa Dia a Dia e achei a ideia bem interessante, por ser rápido e prático.  É claro que não é um pãozinho de queijo de forno, nem pense nisso. É um tipo de bolo salgado para quem chega em casa com fome e não tem nada pronto para comer. É o quebra galho, bem gostoso.

Antes de começar, faça numa caneca alta. E meça cada um dos ingredientes como colher rasa, senão poderá transbordar. E ninguém quer sujeira esparramada  para limpar no microondas...

Ingredientes:
1 ovo pequeno
4 colheres (sopa) de leite
3 colheres (sopa) de óleo
1 pitada de sal
4 colheres (sopa) de queijo canastra ralado (ou parmesão)
4 colheres (sopa) de polvilho azedo
1 colher (café) de fermento em pó
Margarina para untar

Bata todos os ingredientes no liquidificador (eu bati no mixer, dá na mesma) e unte a caneca com margarina. Coloque esta mistura até a metade da altura da caneca
Leve no micro-ondas por 3 minutos em potência média retire e polvilhe o queijo parmesão para decorar.
Receita adaptada. Fonte:

Rabanada Colonial



Todo mundo pensa em rabanada só no natal. Mas, cá pra nós, também é uma boa opção no ano todo  para o lanche da tarde. Esta receita pede, originalmente, uma bisnaga de sal, daquelas bem grandes, tamanho família. A aparência da rabanada fica melhor, pois as fatias ficam largas. Como hoje em dia é mais difícil de encontrar em qualquer padaria, pode ser adaptada para:

3 a 4 pãezinhos de sal amanhecidos, cortados em fatias de ± 2 cm. cada (tire as pontas, sem elas ficará mais bonito)
½ xícara de chá de açúcar
½ lata de leite condensado
1/2 vidro de leite de coco
1 xícara de chá de leite
3 ovos
Em uma vasilha, misturar o leite de vaca, o leite condensado e o leite de coco. Reserve.

Minha dica: Fica muito gostoso também colocar um pouquinho de canela e gotas de baunilha nessa mistura.


Em outra vasilha, bata os ovos. Passe as fatias de pão na mistura de leite, sem que fiquem muito úmidos. Passe depois no ovo batido, fritando-as em seguida no óleo quente, virando-as para ficarem bem douradas.


Depois de fritas, escorrer em papel e polvilhar com uma mistura de ½ xícara de açúcar com 2 colheres de sobremesa de canela em pó. Servir morno.

Como fazer Bolo Zebra



Faça um bolo comum, de sua preferência (aquele que você faz sempre). Divida a massa em duas partes e  em uma delas junte o chocolate em pó. Forre um forma com papel manteiga untada e comece a operação “zebra”: coloque uma colher de massa da cor branca no centro da forma e depois sobre a mesma uma colher de chocolate, depois uma branca, depois uma preta e assim sucessivamente. O segredo desse bolo é "paciência"! Para entender melhor,  veja o passo a passo abaixo. Assar em forno 180 graus cerca de 50 minutos, dependendo do forno. Pode ser feito também em forma redonda com furo no meio, procedendo da mesma forma. Fica muito bonito.


Fiz o mesmo processo na  forma de bolo com furo no meio. Também dá certo...

Uma explicação mais fácil para quem quiser fazer o bolo zebra em forma com furo no meio: escolha um ponto da forma para ir colocando a massa branca e massa escura, sempre sobrepondo no mesmo lugar que escolheu inicialmente. Dica: use uma colher de sorvete para colocar a massa.
     
                         Over Time Cook




quinta-feira, 28 de junho de 2012

Cigarrete Arrepiado

                     Foto: Marcelo Katsuki

Ingredientes:
1 rolo de massa para pastel comprado pronto
300 gramas de queijo Minas ou presunto em fatias
1 pacotinho de queijo ralado
4 claras de ovo batidas em neve

Abrir a massa de pastel e corte em retângulos de aproximadamente 10cm  de largura ou que dê para enrolar as fatias de queijo ou presunto. Colocar cada fatia do recheio sobre as tiras da massa. Enrolar como rocambole (umas 2 voltas de massa), pressionando para que fique como uma cigarrilha.  Quando o recheio for de queijo, feche as pontas também. Passar nas claras batidas em neve, depois no queijo ralado e fritar.

Pão de Alho para Churrasco

(foto: jorge-churrasco.blogspot.com)

1 xícara de manteiga em temperatura ambiente ou amolecida
1 colher de sopa de parmesão ralado
1/2 xícara (chá) de maionese
4 dentes de alho espremidos
2 colheres de sopa de cheiro verde picado
1/2 xícara de mussarela ralada
5 a 6 pãezinhos de sal amanhecidos

Misture bem todos os ingredientes em uma tigela e reserve. Faça 4 a 5 cortes em cada pão, como se fosse fatiar, mas sem ir até o final. Recheie cada corte com o creme de alho reservado, e com o creme que restar, passe mais um pouco em cima e nas laterais dos pães. Coloque no espeto e leve à churrasqueira, com cuidado porque eles assam bem rápido.

Dicas: esse pão também pode ser assado no forno. A salsa pode ser substituída por orégano. Use a mesma pasta para fazer torradinhas de alho, é só levá-las ao forno. Experimente vários tipos de pão, desde que sejam salgados.

Tempero Mineiro para Churrasco



Uma mistura de sabores faz toda a diferença no tempero do churrasco, dando um gostinho especial para as asinhas de frango, maminha, lombo, etc.

Ingredientes:
1 cebola grande ou 2 médias
½ xícara de cebolinha
1 colher de chá de orégano
6 folhinhas de manjericão
1 pitada de cominho
1 pitada de pimenta do reino
2 pimentas biquinho (aquela que não arde)
1 colheres (de sopa) de colorau
2 tabletes de caldo de carne
1 colher de chá de noz moscada em pó
 ½ xícara de salsa
1/2 pimentão verde

Modo de Fazer:

(Essa quantidade é para fazer e guardar no freezer o que não usar)
Bater todos os ingredientes no liquidificador e ir adicionando água aos poucos, se necessário para bater. Despeje numa vasilha de plástico e coloque 1 k. de sal*. Misture bem e guarde em vidros com tampa. esta receita rende bastante! Se preferir, faça só metade da receita.

*Minha Dica:
Prefiro substituir o sal de cozinha refinado por sal grosso batido no liquidificador. É meio chato ficar batendo e peneirando o sal grosso, mas tenho certeza que o resultado vai ser um sucesso. Dá um sabor maravilhoso e faz toda a diferença no churrasco. Pode ser guardado fora da geladeira por até 3 semanas, mas para tê-lo sempre fresquinho e como se tivesse acabado de fazer, eu congelo aqueles potes que ainda vou usar depois.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Biscoitinho de Cachaça de Barão de Cocais



Para o biscoito:
1 kg de farinha de trigo
10 colheres de açúcar refinado
250 grs. de manteiga
250 grs. de banha
11 colheres de cachaça
1 pitada de sal

 Misturar bem todos ingredientes, de modo que a massa fique macia e lisa.

       Foto: Espaço das Delícias Culinária

Fazer "cobrinhas" com a massa e cortar os biscoitinhos. Assar em forno médio e retirar do forno quando começar a corar. Ainda quente, passar numa farofa de açúcar e canela.


Dica: Se medir tudo certinho, a consistência ficará boa. Porém se ficar um pouco seca a massa, pode pingar mais um pouquinho de cachaça.
(Receita da Elida Pinho)

Bolo de Leite Condensado

(Foto: technicolorkitchen)

1 lata de leite condensado (375g)
2 colheres (sopa) de leite
1 xícara (chá) de farinha de trigo
3 ovos (claras e gemas separadas)
1 colher (sopa) de fermento
1 xícara (chá) de manteiga

Bata a manteiga até ficar fofinha. Acrescente as gemas e bata até a mistura ficar homogênea. Desligue a batedeira e acrescente a farinha e o fermento peneirados.
Coloque 2/3 do leite condensado (reserve o restante) e bata novamente (à mão) até a mistura ficar bem cremosa. À parte, bata as claras em neve, e acrescente à mistura, de modo delicado, sem bater, até que incorpore completamente. Unte uma forma de aproximadamente 20cm, e leve ao forno pré-aquecido e asse até que, enfiando um palito o mesmo saia limpo. Depois de assado, pegue um garfo e fure toda a superfície do bolo delicadamente. Misture o leite ao leite condensado que sobrou e despeje sobre o bolo, para que seja umedecido. Se gostar, salpique coco ralado. 


terça-feira, 26 de junho de 2012

Lasanha a Bolonhesa com Molho Branco

     Foto: Wilma Havana

Para a lasanha:
1 embalagem de massa fresca pra lasanha
400g de mussarela
50g de parmesão ralado

Molho a bolonhesa
½ kg de carne moída
2 latas de molho de tomate pronto
2 dentes de alho espremido
½ cebola picada
cheiro verde picado
6 colheres (sopa) de azeite
sal e tempero a gosto
2 xícaras de água
½ xícara de azeitonas picadas


Refogue a cebola o alho no azeite, coloque a carne moída e mexa até refogar bem.
Coloque o restante dos temperos, o molho de tomate e a água, deixe cozinhar. Deve ficar com molho suficiente para deixar a lasanha úmida.

Molho branco: 
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de margarina
50g de parmesão ralado
1 caixinha de creme de leite
½ copo de requeijão cremoso
½ litro de leite
noz moscada ralada (só um pouco)

Coloque a margarina na panela pra derreter, coloque a farinha de trigo misture, ponha o leite mexendo para não empelotar. Coloque o parmesão e a noz-moscada. Deixe ferver para cozinhar a farinha de trigo. Retire do fogo coloque então o creme de leite e o requeijão.


Montagem: Coloque no refratário um pouco de molho á bolonhesa e por cima uma camada da massa de lasanha deixando espaço entre uma e outra. Coloque novamente molho á bolonhesa, por cima o molho branco e uma camada do queijo mussarela. Novamente uma camada da massa, molho á bolonhesa, molho branco e mussarela. Repita a operação até terminar os ingredientes, a última camada é de mussarela, polvilhe parmesão, deixe descansar alguns minutos e leve ao forno pré-aquecido a 200°C deixe até a mussarela derreter. (pt.petitchef)

Bombom de Morango



Ingredientes:
1 caixinha de morangos
1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga
400 g de chocolate em barra ao leite

Lave os morangos inteiros com cuidado e reserve.
Leve ao fogo baixo o leite condensado e a manteiga, mexendo sempre até ficar no ponto de soltar da panela. Retire do fogo e  deixe esfriar.
Cubra o morango com esse doce, o suficiente para tampar . Reserve.
Derreta o chocolate em banho-maria e quando o chocolate estiver morno e fosco, estará no ponto para receber a bolinha de morango.
Banhe-os na calda, retire-a e deixe secar em cima do papel manteiga.
Depois que os bombons secarem, guarde na geladeira para acabar de endurecer por mais 15 minutos. Depois disso, podem ser embrulhados ou colocados em forminhas de papel.

Achei esse vídeo-aula, que demonstra o modo de fazer:



sábado, 23 de junho de 2012

Rocambole, uma tradição Mineira



Mineiro gosta tanto de rocambole, que temos até a "Terra do Rocambole": a cidade de Lagoa Dourada. Acho difícil encontrar algum turista a caminho de São João del Rei ou Tiradentes que não parou nas várias lojas especializadas em rocamboles. Gente, são muitas lojas!!!  E também ninguém sabe, mesmo se conseguisse experimentar de todos, qual é o melhor ou o mais legítimo!


Tentei descobrir a origem do rocambole. Li várias versões e fiquei ainda mais confusa: pode ser que foi inventado na França na época de Napoleão, ou então que um um mascate libanês trouxe esta receita para o interior do Brasil, ou ainda que a receita do pão de ló foi trazida para ao Brasil pelos portugueses e adaptado ao gosto mineiro com doce de leite. Mas o que achei mais curioso é que "Rocambole" era o nome do cachorro de estimação da Princesa Isabel:
No Museu Imperial em Petrópolis, existe um espaço anexo chamado Biblioteca Rocambole, inteiramente dedicado às crianças. O nome é uma referência a um dos cachorros de estimação da princesa Isabel, o Rocambole, citado em registros documentais de 1880. 
Bom, então vamos à receita. É facílimo, rápido e em 30 minutos estará pronto na sua geladeira! O recheio pode ser do sabor que quiser: doce de leite,  goiabada, brigadeiro, doce de nozes, de coco, abacaxi...


Receita do Rocambole Mineiro:

Ingredientes e Modo de Fazer:
Bater 6 claras em neve muito bem batidas, depois coloque  6 colheres de açúcar. 
Adicione as gemas,  misturando delicadamente para não abaixar as claras. 
Depois 7 colheres de farinha de trigo cheias, misturando sempre de leve. 
Por último, 1 colherinha (café) de pó Royal, para ele ficar bem mais fofinho, porém sem rachar. 

Assar em tabuleiro médio, muito bem untado e farinhado. Depois de assado, virar o bolo ainda quente sobre um pano de prato úmido.
Minha Dica: forre o tabuleiro untado com papel manteiga, fica facílimo de virar e soltar o bolo sobre o pano.

Assim que virar, comece a colocar o doce de leite sobre toda a superfície do bolo, enrole com o pano e deixe ficar enrolado por uns 5 minutos, só depois tire o pano para o rocambole pegar forma. Cubra com um pouco de doce de leite, salpique açúcar refinado e decore.




Outros sabores:







Risoto de Camarão



1ª etapa:
500 g de camarões médios sem casca e sem vísceras
Suco de ½ limão
1 colherinha de café/cheia de sal

Tempere e deixe um pouco descansando numa vasilha. Pegue uma panela, coloque 1 colher de sopa de manteiga, 1 colher de sopa de cebola ralada e 2 dentes de alho picadinhos. Refogue e depois adicione os camarões. Deixe ferver e soltar a água por 3 minutos. Adicione 3 colheres de sopa de molho de tomates pronto (Pomarolla), mexa e deixe mais 3 minutos cozinhando tampado. Reserve.

2ª etapa:
Ferva 1 litro de água com 1 caldo de legumes (eu prefiro aquele potinho cremoso, da Knorr). Reserve, mantendo sempre quente.

3ª etapa:
Pegue uma frigideira grande, coloque um pouco mais de azeite, ½ cebola ralada e dois dentes de alho espremidos. Quando estiverem dourados acrescente 2 xícaras de arroz cru (que não pode ser lavado, tem que sair direto do pacote para a panela) e um punhadinho de ervas finas (desidratadas ou frescas). Mexa para incorporar os ingredientes e fritar bem o arroz. Acrescente o vinho, sempre mexendo bem, em fogo médio/baixo. Assim que ele evaporar, comece a colocar o caldo de legumes pouco a pouco, à medida que for secando, mexendo sem parar até que todo o caldo seja incorporado e o arroz fique “al dente” (isso leva uns 20 minutos, mais ou menos). Antes de colocar a última porção de caldo, junte o os camarões reservados com o caldo dele. Prove o grão, calcule a última porção do caldo e mexa até que todo o líquido se incorpore ao risoto. Apague o fogo, acrescente:

1 colher manteiga
2 fatias de mussarela rasgadinha
½ xícara de palmitos ou champignons fatiados 1 colher de sopa de queijo parmesão ralado
Mexa bem e sirva imediatamente, decorando o prato com azeite e polvilhando cheiro verde.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Maneiras Criativas de enrolar Pães

Uma das coisas que gosto muito é fazer pão. E confesso que cansei de fazer sempre do mesmo jeito. Então, encontrei algumas técnicas em sites estrangeiros que, além de serem fáceis de fazer, o resultado fica muito bonito.

Coroa de Caracóis:

Trança Fatiada:


Pão Zebra:

Lacinho e  Pão de Nó:


Coração e Trouxinha:


Cortadas em cruz:


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Mini Sanduíche de Salpicão



Sabe aquele salpicão, que a gente faz para um almoço especial? É mais elaborado e, cá pra nós, não é barato não. Pois é, ele mesmo! A minha dica é: durante a semana, sobrou um pouco de lombo cozido ou frango? Desfie e guarde num pote no freezer. Assim, quando quiser um sanduíche de última hora, sempre terá pronto a base do recheio. Você pode também substituir um ou outro ingrediente, fica ao seu gosto. Prepare então esse delicioso sanduíche:



10 mini pãezinho de cebola, de batatas ou cerveja, que são fáceis de encontrar em qualquer padaria.
Cortar ao meio e reservar.

1 xícara de lombo de porco (ou pernil) cozido e desfiado
1 xícara de peito de frango cozido e desfiado
100 grs. de presunto picados em tirinhas
½ maçã ralada
1/2 xícara de azeitonas picadinhas
½ xícara de pimentão picadinho
cheiro verde a gosto
1 colherinha de café de suco de limão
1 xícara de maionese

Misture todos os ingredientes e ½ pacote de batata palha de boa qualidade. Rechear os pães, fechar, passar um pouco de maionese por cima e polvilhar queijo parmesão.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Moqueca de Peixe com Camarões

      Foto: Hotel Costa Norte
Ingredientes para a peixada:
4 dentes de alho amassados
suco de 2 limões
1 kg. de peixe em postas
½ kg. de camarões médios, limpos e temperados com sal e limão
2 cebola em rodelas
1 pimentão médio vermelho em rodelas
1 pimentão médio amarelo em rodelas
1 Pimentão médio verde em rodelas
2 tomates maduros picados rodelas finas
½ maço de cebolinha
½ maço de coentro
50 ml. de azeite de dendê ou comum
sal  e pimenta do reino a gosto
400 ml. de leite de coco

Primeiro, amasse o alho com o sal, junte a pimenta do reino e o suco de limão. Use a mistura para temperar as postas do peixe. Depois, coloque na panela o azeite de dendê e refogue a cebola e um pouco de alho juntos. Coloque as rodelas de tomate fazendo uma cama e então ponha o peixe temperado, os camarões, a cebola e os pimentões. Cozinhe com a panela tampada por uns 20 minutos. Coloque, então, o leite de coco e deixe ferver. Para finalizar acrescente a cebolinha e o coentro.

Pirão:
Faça o pirão retirando parte do caldo da moqueca (uns 250 ml.). Coloque em uma panela à parte e leve ao fogo até levantar fervura. Adicione 150 grs. farinha de mandioca, dissolvida em água e deixe cozinhar bem, mexendo sempre.

Anéis de Maçã


1 ou 2 maçãs cortadas em anéis nem tão finos assim, suco de limão, água. Retire o miolo e as cascas da lateral (dá umas 6 fatias). Coloque-as direto no suco de limão com água e reserve. Escorra , seque com um paninho e passe uma camada fina de farinha de trigo. Faça uma massa básica de panquecas, passe cada anel na massa, bata de levinho para retirar as sobras e frite-os.


Massa para empanar:
1 xícara de leite 
2 ovos 
2 colheres de sopa de manteiga derretida 
1 1/4 xícara de farinha de trigo 
1 colher de sopa rasa de fermento em pó 
1 colher de sopa de açucar. Bater no liquidificador. Frite no óleo em fogo médio, vire para dourar do outro lado e escorra no papel toalha. Para finalizar, passe-os numa farofa de açúcar e canela. Servir no café da manhã ou no lanche da tarde, com sorvete e uma calda.

Achei essa receita bem criativa. Ela é original da Panelinha da Fafah, visitem o blog:

http://panelinhadafafah.blogspot.com.br

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Caldo de Batatas e Alho Poró

(Foto: saboresdochef.com)
3 batatas médias, descascadas e cortadas em cubinhos
1 litro de água
1 xícara de alho poro (cortar só a parte branca)
1 cebola pequena
1 caldo de galinha
1 xícara de calabresa defumada, fatiada bem fininho (pode substituir por bacon)
sal pimenta do reino moída
queijo parmesão ralado

Em uma panela, coloque a água, o caldo de galinha,  as batatas, a cebola, metade do alho poró e cozinhe até que as batatas estejam macias. Desligue a panela, espere amornar e bata tudo no liquidificador. Enquanto isso, refogue a calabresa na mesma panela que cozinhou as batatas. Volte o caldo para a panela, até virar um creme. Acrescente a outra metade do alho poro, acerte o sal e a pimenta. Polvilhe o queijo parmesão na hora de servir. Para quem não come carne, tirem a calabresa e usem um queijo parmesão de qualidade, ralado na hora. Servir com croutons e cheiro verde.

Minha Torta de Morangos


Massa do Bolo:
6 claras em neve
6 gemas
3/4 de xícara de suco de laranja
3 xícaras de açúcar refinado
3 xícaras de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 colher de sopa de pó Royal

(Esta receita é para uma forma redonda desmontável de 26 cm. de diâmetro. Se quiser fazer menor, no final desta receita tem as quantidades para uma forma de 22 cm.)

Modo de fazer:
Bater as claras e misturar as gemas, batendo até clarear. Colocar o açúcar aos poucos e bater mais. Ir colocando os outros ingredientes aos poucos, misturando de leve. Assar em forma redonda média desmontável de 26 cm. de diâmetro, untada e trigada, por uns 40 minutos a 200ºC.  Depois de fria, cortar em 2 camadas.Para uma torta mais úmida, molhar cada camada do bolo com uma calda, à medida em que for sendo montada.

Recheio:
1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de coco ralado ou leite de coco
2 caixas de morangos grandes e firmes (reserve alguns para enfeitar)

Levar ao fogo o leite condensado, a manteiga e o leite de coco, mexendo sempre até a consistência de um creme mais mole. Retire do fogo e deixe esfriar. Enquanto isso, pique os morangos em lascas ou quadradinhos e reserve.

Calda para umedecer:
1 xícara de açúcar refinado
4 xícaras de água
6 gotinhas de essência de morango ou coco

Coloque a água e o açúcar em uma panela e leve ao fogo.
Assim que levantar fervura, deixe encorpar um pouquinho e desligue. No final, coloque as gotinhas da essência  e misture.

Glacê:
3 claras
4 xícaras de açúcar de confeiteiro
2 colheres de sopa de suco de limão
(opcional) 2 colheres de chá de conhaque

Bata as claras em neve bem firmes. Coloque aos poucos o açúcar. Junte o limão (e o conhaque) em fio, batendo sem parar até ficar branco e liso. Cobrir bolos e tortas.


MONTAGEM DA TORTA
Cortar o bolo em 3 camadas. Separe a primeira parte, umedeça com a calda, coloque o recheio de leite condensado e cubra com os morangos picados. Cubra com a segunda parte do bolo, umedeça com calda e cubra com o Glacê. Enfeite com morangos inteiros e gelar por umas 2 horas, para firmar bem.

________________________________________________________________________________


Torta de Morangos menor,
de 22 cm.:
Massa:
4 claras em neve
4 gemas
1/2 de xícara de suco de laranja
2 xícaras de açúcar refinado
2 xícaras de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 colher de sobremesa de pó Royal

Para o modo de fazer, recheio e cobertura, fazer igual a receita grande.