Google+ Followers

sábado, 25 de janeiro de 2014

Fui ali e já volto...


sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Bolo Peteleco


Ingredientes
Coloque em uma vasilha:
3 xícaras de chá rasas de farinha de trigo
2 xícaras de chá de açúcar
1 xícara de chá de chocolate em pó
1 xícara de óleo
2 ovos
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato
1 pitada de sal

Modo de preparo
Misture levemente e acrescente a seguir: 2 xícaras de leite fervendo, misture bem e despeje sobre forma untada. Assar em forno 200 graus de 10 a 15 minutos. Cobrir com brigadeiro e decorar com raspas de chocolate.

Ateliê Fabiola e Liana

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Batata Calabresa Mineira


Compartilhando integralmente essa deliciosa receita da Vanessa Oliveira, que só de ver dá água na boca!

Ingredientes:
1kg de batata bolinha (ou a grande picada em rodelas grossas)
1 xícara (chá) de azeite
50 ml de vinagre
1 tablete de caldo de carne
1 cabeça de alho grande
1 colher (sopa) de pimenta calabresa
2 colheres (sopa) de orégano
Pimenta Biquinho em conserva para decorar

Modo de preparo:
Cozinhe al dente as batatas com casca em água e sal. Escorra e reserve.
À parte leve o azeite ao fogo, junte o alho picadinho, deixe corar levemente.
Acrescente o vinagre, o caldo de carne, o orégano e a pimenta calabresa, mexa bem e junte a batata.
Depois do fogo desligado acrescente a pimenta biquinho.
Deixe tomar gosto tampada na geladeira até o momento de servir.

Nota:
A batata calabresa cai bem para acompanhar o churrasco, é também uma excelente opção para o cantinho mineiro - cantinho com vários tira gostos.
O caldo específico de carne faz toda a diferença no sabor final da batata.
O ideal é fazer pelo menos com 5 horas de antecedência e mexer de vez em quando, assim o molho penetrará em todas.
O molho que sobrar; após o consumo das batatas, poderá ser utilizado como molho para saladas, tanto de folhas quanto de legumes.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Costelinha Assada com Ceboletes

     Fotos: Na Cozinha da Poly

INGREDIENTES
2kg de costelinha suína
200ml de vinho branco seco
100ml de suco de laranja
alho a gosto
2 folhas de louro
1 caldo de carne
1 raminho de alecrim
pimenta moída

MODO DE PREPARO
Na noite anterior prepare a marinada: Em uma assadeira disponha a costelinha com o osso virado para baixo e coloque todos os temperos: alho fatiado, caldo de carne picadinho espalhado por cima da carne, o raminho de alecrim, o vinho branco e o suco de laranja. Vire os ossos para baixo e cubra com papel alumínio e guarde na geladeira;
No dia seguinte, leve ao forno pré-aquecido aproximadamente 2 horas antes do horário que você marcou seu almoço;
Deixe assar com o papel alumínio por 1h15. Depois abra e acrescente as ceboletes descascadas e inteiras no meio da costelinha. Leve ao forno novamente com o papel alumínio e deixe por mais 30min.


Depois desse tempo, abra novamente e vire os pedaços da costelinha, agora deixe os ossos virados para baixo de forma que a carne fique viradinha para cima porque agora vai gratinar;
Com uma colher ou um pincel, pincele um pouco de molho barbecue por cima da carne (pouco mesmo, só para ganhar cor e sabor). Feito isso leve ao forno novamente sem o papel alumínio e deixe por mais 20 ou 30min. em fogo médio, depende da potência do seu forno;
Retire e coloque em uma travessa para servir. Aí é só aproveitar porque fica delicioso!

Eu sempre deixo o molho barbecue na mesa para os convidados servirem a vontade, alguns gostam muito e outros nem tanto. Dessa forma você agrada a todos. Como acompanhamento usei ceboletes (aquelas cebolinhas pequenas, sabe?), arroz branco e salada caprese com alface americana.

Parti o raminho do alecrim e coloquei em várias partes. Assim a carne pega mais sabor. Nesta hora eu ainda estava temperando por isso os ossos estão virados para baixo, mas depois eu os virei.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Biscoito de Queijo Mineiro


Ingredientes:
3 xícaras de queijo minas meia cura ralado
3 xícaras de polvilho doce
3 colheres de margarina
3 ovos
1 colher de sobremesa de fermento em pó (pó royal)
sal, se necessário


Modo de Fazer:
1. Juntar, amassar e sovar com as mãos todos os ingredientes até a mistura ficar homogênea. A massa deve ficar bem macia e desgrudar das mãos.Prove um pouquinho da massa. Como o queijo já é salgadinho, ajuste o sal, se julgar necessário.
2. Coloque o forno para aquecer. Modele os biscoitinhos como quiser, de preferência, usando a medida de meia colher de massa para cada unidade de biscoito. Ele fica menorzinho, mais bonitinho e apresentável, além de assar mais rápido. Decore os biscoitos, marcando com um garfo a massa da lateral.
3. Leve ao forno, em temperatura alta. Asse até dourar levemente a superfície – geralmente 30 minutos. Não pode deixar escurecer demais, senão fica duro.
4. Retire do forno e sirva. É um quitute ou quitanda que cai muito bem num café da manhã ou da tarde!
Fonte: Leiliane

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Filé de Peixe empanado com Molho Tártaro


Ingredientes:

6 filés de merluza, mas pode ser outro peixe
sal a gosto
pimenta do reino a gosto
Uma pitada de orégano
suco de 1/2 limão
1 dente de alho socado
2 ovos grandes, batidos
Farinha de trigo e farinha de rosca para empanar
Óleo para fritar
Molho tártaro



Modo de preparar:
Tempere os filés como o sal, o alho, limão, a pimenta e o orégano e deixe descansar por uns 15 minutos. Passe os filés na farinha de trigo, depois no ovo levemente batido, e por fim na farinha de rosca. E em uma frigideira coloque o óleo na quantidade suficiente para fritar os filés por imersão. Frite em óleo bem quente virando-os para dourar dos dois lados. Prepare à parte o molho tártaro:


Molho tártaro:

3 colheres de sopa de maionese
2 colheres de sopa de creme de leite
2 colheres (sopa) de suco de limão
1 colher de chá de Fondor
1 colher (chá) de mostarda
pimenta-do-reino a gosto
2 colheres (sopa) de picles picado
meia colher (sopa) de salsa picada
meia colher (sopa) de cebolinha verde picada

Misture o creme de leite com o suco de limão e mexa bem até obter um creme homogêneo. Tempere com o Fondor, maionese, a mostarda e a pimenta-do-reino. Acrescente os picles, a salsa, a cebolinha e misture bem. Coloque os filés em uma travessa e despeje o molho por cima, ou sirva-o à parte.


sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Taça Floresta Negra


Sou louca por torta floresta negra! E encontrei na Cozinha Coletiva essa receita fantástica, que adaptei umas coisinhas e compartilho com vocês:

Ingredientes da montagem:
1 bolo inglês de chocolate de uns 350g
3/4 xícara de geleia de cerejas
3/4 de xícara de calda das cerejas em calda
 2 xícaras de cerejas em calda
100g de chocolate meio amargo em barra
200 ml de creme de leite fresco gelado.

Para o creme de chocolate:
1 xícara de leite integral;
1 xícara de creme de leite fresco;
6 gemas;
1/3 de xícara mais uma colher de sopa de açúcar;
4 colheres de chocolate dos frades
100gr de chocolate meio amargo, derretido em banho-maria (de boa qualidade, tipo Garoto ou Nestlé)

Prepare o creme:
Derreta o chocolate picado, em banho-maria sem deixar a água ferver. Reserve.
Misture o leite e o creme de leite em uma panela média e leve ao fogo amornar. Enquanto isso bata as gemas com o açúcar e o chocolate em pó até ficar cremoso. Adicione a mistura morna e o chocolate derretido sobre a mistura de gemas e incorpore com delicadeza. Passe a mistura para a panela e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até começar a engrossar. Retire do fogo, passe para uma tigela e cubra com filme plástico para não formar película. Reserve na geladeira.

Para a montagem:
Bata o creme de leite fresco gelado na batedeira, até formar picos moles (ponto de chantilly leve). Reserve.
Pique o bolo em cubinhos e reserve. No fundo de cada taça coloque 1 colher de sopa de geleia de cerejas. Por cima, distribua os cubinhos de bolo e regue com colheradas de licor ou de calda, até ficar bem úmido. Espalhe umas 4 ou 5 cerejas em calda em cada taça (você pode parti-las ao meio, mas usei inteiras mesmo), e cubra com colheradas do creme de chocolate, já frio. Para finalizar, complete as taças com colheradas do creme de leite batido e decore com raspas de chocolate (eu uso um descascador de legumes para raspar a lateral da barra de chocolate e conseguir raspas mais delicadas).
Sirva imediatamente ou reserve na geladeira até o momento de servir.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Broinha de Caxambú



Ingredientes
2 xícaras (chá) de farinha de trigo (220g)
2 xícaras (chá) de fubá de milho (260g)
1 e ½ xícara (chá) de açúcar refinado (240g)
1 colher (sopa) de fermento em pó (10g)
1 colher (chá) de erva-doce (2,5g)
5 colheres (sopa) de manteiga (100g)
1 ovo (cerca de 60g)
½ xícara (chá) de leite (100ml)
1 ovo para pincelar

Modo de preparo:
faça uma farofa com os ingredientes secos e a manteiga. Junte o ovo, o leite e amasse até obter uma massa homogênea. Faça bolas de aproximadamente 6cm (cerca de 80g de massa), pincele com o ovo, coloque em uma assadeira untada e asse no forno preaquecido até que estejam levemente douradas. Tire-as da fôrma ainda mornas.

Rendimento:
cerca de 12 unidades
Fonte: União Docelar

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Bife de Barão de Cocais

       Foto: Recipecorner

Este bife é uma delícia, minha mãe aprendeu com a amiga que é de Barão de Cocais - MG. É bom para dar uma variada na comida de todo dia, com mais sabor e requinte:

Ingredientes:
6 bifes médios limpos e batidos com martelo de carne.
Pode ser de alcatra, ou contrafilé ou filé mignon.

Tempere com:
1 colher de chá de sal ou tempero caseiro
1 colher de chá de alho picado, desidratado ou fresco
1 colher de sopa de conhaque ou vinho tinto
1 colher chá de molho inglês
1 colher chá de catchup
uma pitada de pimenta-do-reino
1/2 xícara de água

Modo de Fazer:
Misture o tempero em uma vasilha, passe nos bifes bem espalhados e deixe a carne descansar de 15 minutos. Aqueça uma panela mais grossa com um fio de óleo e passe os bifes nos dos lados, no ponto que você desejar. Reserve.

Molho:
2 colheres (chá) de Maizena dissolvida em 1/2 xícara de água

Se tiver sobrado caldo na vasilha que a carne estava temperada, despeje na panela. Se não, depois de todos fritos, despeje a água com Maizena naquela borra que ficou na panela. Vai soltar um molho super saboroso. Acerte o sal se necessário e coloque novamente os bifes fritos que estavam reservados. Misture bem,  para absorver o caldo. Servir quente. Ideal para acompanhar risoto, arroz piamontese ou uma massa.

sábado, 11 de janeiro de 2014

Pãozinho Pé de Onça

        Fotos: Moje

Para aproveitar as férias, peça ajuda das crianças e  façam juntos esse divertido pãozinho. Ela vão adorar!

Ingredientes :
300 ml de leite morno
60 g de manteiga derretida
100 g de açúcar
meia colher de chá de sal
1/2 colher de chá de essência de baunilha ou amêndoa
2 ovos grandes
560 g de farinha de trigo
10 g de fermento seco ou 20 g de fermento fresco

Além disso:
1 ovo batido com 1 colher de sopa de leite para pincelar

Modo de Fazer:
Derreta o fermento no leite morno. Acrescente o açúcar, ovos, a essência, o sal e manteiga. Misture bem. Vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos, até a massa ficar  soltando das mãos.  Sovar  por tempo suficiente para ser macia e flexível. Se necessário, polvilhe mais um pouco de farinha. Forme uma bola, coloque-o em uma tigela levemente enfarinhada, reserve em um lugar quente, coberta com um pano, para dobrar de volume (cerca de 1,5 horas).

Enquanto isso, forre 2 assadeiras com papel impermeável.



Depois de crescida, retire a massa da tigela, amasse ligeiramente e divida em 13 partes iguais. Depois, cada pedaço é dividido novamente em três partes. Uma parte será a parte grande da pata da onça e os outras duas devem ser divididas ao meio novamente - para os quatro dedos. A parte maior, modelar levemente  formando uma bola alongada. Coloque em uma assadeira e, da mesma forma, faça os 4  "dedos" e coloque bem aderidos do lado longo da massa grande (eles devem estar em contato, caso contrário vão se soltar). 

Da mesma forma, para formar os pés restantes, organize-os em uma assadeira em intervalos consideráveis ​​- vai crescer bem. Cubra com um pano e deixe crescer novamente (cerca de 30 minutos). Após ter subido, pincele por cima com ovo batido com leite.

Asse em forno pré-aquecido, em temperatura alta, até que fiquem douradinhos. Retire do forno, esfriar e polvilhar açúcar de confeiteiro.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Guisado de Carne com Berinjela

               Foto: Aniskowo

Ingredientes:
500g de carne de boi
1 lata de molho de tomates com pedaços
1 colher de chá de Tempero Mineiro
pimenta à gosto
1 berinjela descascada e cortada em cubinhos
1 cebola picada
1 dente de alho picado
1/2 tablete de caldo de carne
cheiro verde picado à gosto
500 ml. água
óleo o suficiente para refogar a carne (mais ou menos 3 colheres de sopa)
1 colher de chá de farinha, dissolvida em 1/2 xícara de água

Modo de Fazer:
Antes de começar, corte a berinjela e deixe de molho em água com um pouco de sal, para tirar o amargo. Enquanto isso, corte a carne em pequenos pedaços, tempere ao seu gosto e deixe descansar por 30 minutos. Em uma frigideira, aqueça o óleo e frite a cebola picada e o alho. Acrescente o caldo de carne e deixe dissolver um pouco.  Adicione a carne temperada e frite por alguns minutos, mexendo ocasionalmente até a água da carne secar. Despeje o molho de tomate, misture um pouco e depois coloque a berinjela picada. Coloque um pouco de água e deixe ferver suavemente durante cerca de uma hora, pingando mais água se for necessário ou até que a carne fique macia. Para finalizar, coloque a farinha de trigo dissolvida, para engrossar o molho que ficou na panela. Salpicar cheiro verde e servir.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

A lenda de Dona Olímpia, de Ouro Preto - MG

                      Dona Olímpia Angélica de Almeida Cotta. neta do Marquês de Paraná
                     Nasceu: 31 de agosto de 1889 e faleceu aos 87 anos em novembro de 1976

Quem conheceu Sinhá Olímpia ou já ouviu falar? Eu conheci! Pude ver ao vivo e a cores essa lenda feminina de Ouro Preto, cheia das vaidades!

Eu era criança e toda a família viajou para Ouro Preto, para passar o dia. Era nosso costume aos domingos, meu pai encher o carro de filhos e levar para passear em algumas cidades ao redor de BH. Minha mãe preparava a 'matula': uma cesta cheia de lanches gostosos, sucos, água, café e tudo mais que precisasse...

Quando a vi pela primeira vez ela já era idosa, falava embolado e a gente não conseguia entender direito os casos que ela contava. Mas tinha a postura elegante, de uma descendente nobre do império. Andava com um estandarte na mão, cheio de enfeites que ela ia colecionando, outros achava na rua mesmo. Era decorado com flores, penas, flores de papel crepom, santinhos, pacotes vazios de cigarro, fotografias, broches… Mas o que me chamou a atenção foi a quantidade de papel de bombom, daqueles que tem franja. Tudo coloridinho e bem amarrado, era bonito o barulhinho balançando ao vento! Ah, dizem que era estudada, tocava piano, escrevia poesias e chegou a ser professora...


A princípio, eu a achei engraçada e comecei a rir dela, mas minha mãe rapidamente me repreendeu, disse que era falta de respeito, que ela era uma senhora importante e muito conhecida! A história que eu sei é que foi apaixonada por um rapaz mais pobre. Seu pai não permitiu o casamento e então, ela caiu em depressão e começou a embaralhar as ideias. Com o tempo, começou a perambular pela cidade, pedindo ajuda para comer e vestir. O que ela ganhava a mais, ainda dividia com os pobres. A fama de uma mulher nobre que virou andarilha, correu no falatório do povo e mereceu até uma crônica de Carlos Drumond de Andrade!


No site www.tccolympia.wordpress.com/, há uma descrição da sua popularidade:
" Foi capa da revista Times, participou do Programa do Chacrinha, retratada por fotógrafos e pintores, inspirou músicas e poemas, foi tema de samba enredo da Mangueira, conheceu Juscelino Kubitscheck, Tancredo Neves, Vinícius de Moraes, Rita Lee e muitos outros famosos. Recebia cartões e presentes do mundo inteiro. Cartões vindos da Inglaterra, chapéus do mercado das pulgas de Paris, medalhas, moedas e outros presentes de várias partes do mundo, chegavam pelo correio." 

Ela era uma criativa contadora de casos com linguagem culta e gramatical, que ninguém sabia distinguir o que era  verdade e o que era obra da sua imaginação. Com o tempo, foi acolhida nos braços dos moradores e autoridades, que passaram a cuidar dela. Dona Olímpia afirmava que conhecera Tiradentes, falava dos inconfidentes, de D. Pedro I e a Princesa Isabel com a maior intimidade. Dependurava cartões e lembranças em sua roupa. Tinha uma coleção de chapéus, presenteados por turistas. Vestia várias saias ao mesmo tempo, uma em cima da outra. Minha homenagem aos loucos de lucidez, aos que pensam diferente e que rendem uma boa prosa. Essa é a história que eu sei. Se você souber de outra, comente aqui...

No Youtube tem um filme antigo dela... clique abaixo para assistir.



Pastel Folhado de Maçã e Passas

                      Foto: Anyzkowo

Ingredientes:
1 pacote de massa folhada pronta
4 maçãs
50 grs. de passas 
1 colher de sopa de açúcar
2 colheres de chá de canela
1 gema para pincelar
açúcar para polvilhar
Modo de Fazer:

Despeje 1 xícara de água fervente sobre as passas e deixe descansar por 10 minutos. Descasque as maçãs e corte em cubos. Transfira para uma panela, polvilhe com canela, junte as passas, o açúcar e despeje ferver suavemente durante 10 minutos, até que as maçãs estejam macias. Abra a massa folhada e cortar círculos, rechear com o recheio de maçãs. Feche as extremidades, apertando com os dedos ou garfo. Pincele com a gema e polvilhe com açúcar. Faça dois furos de corte em cima. Colocar para assar em forno pré-aquecido durante 15 minutos a 200 graus.   

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Batatinha Souté

    Fonte: Com Capricho

Ingredientes:
1 kg de batatas tipo bolinha
2 col. (sopa) de manteiga
1 col. (sopa) de cebolinha picadinha
2 col. (sopa) de salsinha picadinha
1 col. (café) de orégano desidratado
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Modo de preparo:

Lave as batatinhas, descasque, passe por água corrente, coloque-as numa panela grande, acrescente água até que estejam cobertas, junte o sal (mais ou menos 1 col. (chá) de sal) e leve para cozinhar, por aproximadamente 20 minutos.
(Atenção: Fique atenta, não deixe as batatinhas cozinharem demais, porque se não na hora de passar pela manteiga, elas vão espatifar). Depois de cozidas, escorra a água com o auxílio de um escorredor de macarrão e aguarde amornar.
Aqueça uma frigideira grande, coloque as duas colheres de manteiga, espere derreter, acrescente as batatinhas e deixe que dourem levemente, mexe de vez em quando, dando uma sacudida na frigideira, quando estiverem bem douradinhas, junte: a cebolinha, a salsinha, o orégano, salpique um pouquinho de sal e pimenta, misture delicadamente para não quebrar as batatinhas, e sirva em seguida.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Churrasquinho de Frigideira


Essa receita é bem prática, um quebra galho que todo mundo gosta. E o melhor, não precisa de churrasqueira e nem carvão!

Ingredientes
1/2 kg de carne: pode ser alcatra,  contra filé, lombo ou ainda frango, cortado
em  quadradinhos de uns 3 a 4 cm.
1/2 pimentão verde e 1/2 vermelho
200 g de bacon em pedaços de 0,5 cm. de espessura
1 cebola cortada em 8 pedaços
Sal e pimenta-do-reino ou use tempero do seu gosto
2 colheres de shoyo ou molho inglês
8 a 10 palitos de churrasco
1 frigideira grande
Óleo para untar a frigideira


Modo de preparo
Tempere a carne  em uma vasilha, mexa bem para o tempero entranhar e deixe descansando, para pegar gosto.  Comece a montar os churrasquinhos, alternando pedaços de carne, bacon, pimentões e cebola.
Aqueça bem a frigideira, untada  com pouco óleo. Vá dourando de todos os lados, até o ponto desejado.
Sirva-os com arroz branco, farofa e molho vinagrete.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Biscoitinho Quebra-Quebra da Vovó

      Foto: Softs e Receitas

Ingredientes:
250 g de margarina bem gelada
2 ovos inteiros
1/2 kg de farinha de trigo
300 g de Maizena
250 g de açúcar refinado
1 colher de sobremesa/rasa de fermento em pó
1 colher de sopa de suco de limão
100 g de coco ralado

Junte todos os ingredientes (menos o coco) em uma vasilha, mexendo sempre até formar uma massa fina e lisa. Depois, coloque o coco e continue amassando, até o ponto da massa soltar das mãos. Modele os biscoitos, em forma de bolinhas achatadas ou se preferir, de argolinha. Coloque para assar em tabuleiro untado e em forno pré-aquecido. Quando colocar para assar, deixe em forno alto por 10 minutos e depois desse tempo, diminua a temperatura do forno para moderado. Depois de assados, guardar em vasilha tampada.

sábado, 4 de janeiro de 2014

Carne de Panela com Alho Poró e Cenoura



Ingredientes:
1 kg de carne bovina, cortada em cubos: coxão mole (chã de dentro), patinho ou lagarto
1/2 xícara de alho poró
1 colher de sobremesa/rasa de sal ou tempero caseiro
3 cenouras
1 pimenta biquinho
1/2 copo americano de cerveja (comum ou preta)
3 colheres de sopa de óleo
cheiro verde à gosto
1 colher de chá de alho fresco picado ou ralado
1 colher de sopa de caldo e carne líquido

Modo de preparo:
Corte a carne em tiras e tempere com o sal, pimenta, alho, caldo de carne e cerveja. Deixe marinar por 1 noite.

No dia seguinte, descasque as cenouras e corte em tiras. Corte também o alho poró e reserve. Retire as sementes da pimenta vermelha e pique-a. Aqueça 1 colher de sopa de óleo e frite esses ingredientes,  mexendo ligeiramente o aipo e a cenoura. Passe para um prato e reserve.

Na mesma panela, junte a carne e torne a mexer rapidamente. Quando a ficar corada,  pingue um pouco de água e abafe para cozinhar. Quando estiver quase macia, despeje a cenoura e aipo que estavam reservados, tampe e deixe acabar de cozinhar. Quando terminar, desligue o fogo e acrescente o cheiro verde. Servir.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Pavê de Chocolates Branco e Preto


Compartilho integralmente a receita desse pavê maravilhoso, que a Glau fez no site Quitandoca :

Ingredientes

Cobertura de Chocolate (escuro)
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 xícara de chocolate em pó
1 lata de leite comum
2 colheres de sopa de amido de milho

Cobertura Branca
½ lata de leite condensado
½ lata de creme de leite
1 colher de sobremesa de amido de milho
¼ de leite comum (medida da lata)

1 pacote de biscoito maisena (pacote duplo ou dois pacotes de 200g)

Modo de Preparar:


Coberturas: cozinhar todos os ingredientes até virar um creme bem cremoso e macio. Deixe esfriar. Começar com uma camada de creme de chocolate (escuro), a segunda camada com biscoitos de maizena umedecidos no leite morno e depois do biscoito, colocar a camada de chocolate branco e assim sucessivamente. Levar para a geladeira e servir no dia seguinte para que o pavê ganhe a devida consistência.

Importante: o creme preto rende muito e geralmente eu faço meia receita deste creme e dá certinho!